Só não se perca ao entrar no meu infinito particular...

Só não se perca ao entrar no meu infinito particular...

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010



Ah menina, o que foi que aconteceu com você? O que foi que fizeram com você? Eu não sei, eu não entendo, roubaram a minha alegria. Tiamelinha quando foi pra clínica só dizia isso: roubaram a minha alegria, é tudo uma farsa, aquele olho desmaiado, é tudo uma farsa, roubaram a minha alegria. A primavera, o vento, esperei tanto por essa margarida, e veja só. Atrofiada. Aleijada. As pedras frias do chão da cozinha , rolar nua neste chão, qualquer dia faço uma loucura, faz nada, você está nessa marcação faz mais de dez anos. Mais de dez anos. A gente se entrega nas menores coisas.


E que entrega.